Ensaie mais baixo e ouça melhor!

Ensaie mais baixo e ouça melhor!

Percebo que muitas bandas ensaiam com volume muito alto. Essa prática, além de poder causar perda irreversível da audição, também compromete a qualidade do ensaio.

Cena comum:

O guitarrista diz que não está se ouvindo e aumenta o volume do amplificador. Agora é o baixista que afirma se ouvir mal e também aumenta. Logo o baterista acha que está tudo alto e começa a tocar mais forte. O cantor, por mais que tente aumentar o volume do microfone, não consegue acompanhar a banda. Ninguém ouve a voz. De repente, uma microfonia. Tudo está embolado e batendo na casa dos 100dB ou mais.

Pareceu familiar?

Pois bem, algumas medidas simples podem ajudar bastante a mudar esse cenário e a tornar o ensaio mais saudável e produtivo.

Posicione melhor os amplificadores.

Se o amplificador está no chão, ou numa altura baixa, e apontando para as suas pernas você vai acabar aumentando o volume mais do que o necessário e ainda assim não irá se ouvir direito. Certifique-se de colocá-lo numa posição mais alta, com o falante apontando diretamente para sua cabeça. Dê um passo pra trás, tente se afastar um pouco do amplificador, isso também irá ajudar.

Por mais óbvio que isso possa parecer, ao tocar em conjunto, o objetivo não é ouvir o seu instrumento isoladamente, ou sobreposto aos demais, e sim ouvir todo mundo com a maior clareza possível.

É importante ouvir os outros. Não há espaço para o ego.

A bateria acústica, por não ter controle de volume, é o ponto de referência. Tente obter um bom equilíbrio entre baixo e bateria. Quanto menor o ambiente de ensaio, mais importante que o baterista segure um pouco a pegada. Não tocar a caixa com rimshot nos ensaios, por exemplo, já dá uma boa ajuda no controle do volume sonoro. Direcionar o amplificador de baixo levemente para o baterista poderá ajudá-lo. Em relação ao baixo, pode ser interessante diminuir um pouco o excesso de grave (abaixo de 100Hz) e o médio grave, algo em torno de 400Hz. Isso abrirá espaço para os outros instrumentos. Para mais definição, teste acrescentar um pouquinho de médio agudo, algo perto de 2,5kHz aproximadamente. 

Agora adicione os outros instrumentos (guitarras, teclados, etc) aos poucos. Certifique-se de que não estão com um grave desnecessário “brigando” com o baixo. Deixe espaço para o baixo e para o bumbo. O mesmo para o agudo, corte o que for desnecessário. Lembre-se, os instrumentos não têm que soar bem individualmente apenas, e sim em conjunto. Não adianta de nada sua guitarra estar com um som maravilhoso quando você está tocando sozinho, mas no conjunto estar conflitando com os demais instrumentos. Enfatizar por volta de 250Hz, pode dar uma esquentada no som, enquanto 2,5kHz poderá trazer presença e definição. Teste e faça os ajustes necessários.

Por fim, com os instrumentos regulados e equilibrados, inclua os vocais. Não há a necessidade de manter os graves. Se sua mesa tiver um hipass filter, usá-lo nas vozes pode ser uma boa ideia. É comum 75 ou 80Hz, mas, se tiver como escolher a frequência, pode subir um pouco mais, 100, 120Hz, faça um teste. Pode ser interessante também tirar um pouco de médio grave, algo entre 300 e 500Hz, mais ou menos, se possível. Teste. Algo em torno de 2kHz e 4kHz, aproximadamente, pode dar a definição que está faltando, experimente aumentar um pouquinho algo nessa faixa de frequência, se tiver essa opção. Ouça os agudos e analise se é interessante fazer alguma correção.

Leia o manual dos equipamentos.

Conhecer bem o seu próprio instrumento e equipamento é fundamental. No manual você vai descobrir, por exemplo, a quais frequências respondem os controles de grave, médio e agudo do seu amplificador, ou ainda, você poderá encontrar sugestões de conexões e regulagens de equalização para instrumentos específicos no manual da mesa de som. Em música, sempre há o que aprender, não se acanhe em pedir dicas, informações ou tirar dúvidas com músicos mais experientes. A grande maioria fica feliz em poder ajudar e compartilhar conhecimento.

Espero que essas sugestões ajudem a ter um maior controle do volume e ensaios melhores.

Leandro Fonseca – Compositor, Professor, Músico, Produtor e Diretor da Mousikê
fb.com/leandrofonsecatgk

Anúncios

Um comentário em “Ensaie mais baixo e ouça melhor!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s